Alimentação escolar em pauta

Com o apoio da FIAN Brasil, O Joio e o Trigo publica uma série de entrevistas, reportagens, episódios de podcasts e demais materias de comunicação sobre alimentação escolar
Alimentação escolar em pauta

Promover a segurança alimentar e nutricional e se estabelecer como um importante instrumentos para a recuperação dos hábitos alimentares adequados dos estudantes são alguns dos objetivos da alimentação escolar, oferecida a mais de 40 milhões de alunos da rede pública de ensino através do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE.

Para além de garantir comida no prato a estudantes de diferentes níveis estudantis, o PNAE ainda incentiva a produção de pequenos agricultores e possui ampla participação social desde a sua construção até a sua fiscalização. É nesse contexto, de dialogar os múltiplos sujeitos envolvidos nesse programa, que o veículo de comunicação, O Joio e O Trigo, está publicando uma série de entrevistas, reportagens e episódios de podcasts sobre a alimentação escolar.

A iniciativa recebe o apoio da FIAN Brasil, organização social que atua há mais de 30 anos em prol dos direitos humanos, principalmente pela alimentação e nutrição adequadas. A jornalista do Joio, Mylena Melo, conta que a importância do projeto se dá principalmente ao aumento da fome e disputas políticas e econômicas que o PNAE vem sofrendo durante a pandemia. "Ele é o maior e mais antigo programa de combate à fome do país. Um programa extremamente capilarizado, que tem um orçamento bilionário, uma base legal que prioriza a alimentação saudável, referência internacional e que trabalha com dois públicos muito importantes: as crianças e os produtores de alimentos", completa.

Até o momento, foi publicada uma linha do tempo que conta a história do PNAE, uma entrevista com a nutricionista gaúcha e peça-chave na criação do programa, Regina Miranda, e dois episódios do podcast #PratoCheio: #01 - O vazio no prato das escolas; e #02 - A gangorra da alimentação escolar. "A gente sempre quis fazer um projeto mais focado nesse assunto. Aí veio a pandemia e esse projeto se mostrou ainda mais urgente. Então, colocamos a mão na massa", assegura a jornalista.

Tanto a linha do tempo, quanto o bate-papo com a Regina, podem ser acessados no site do Observatório da Alimentação Escolar. A relatora nacional pela plataforma DHESCA e integrante do ÓAÊ, Mariana Santarelli, reafirma o valor dessa parceria. “O Joio e o Trigo é uma das mídias mais importantes no ativismo pela alimentação saudável e adequada, e a FIAN, nossa eterna parceira pela garantia do direito humano à alimentação. É super necessário concentrar em nosso acervo do ÓAÊ esses materiais, além de apoiar na divulgação”, finaliza Santarelli.

Comitê Gestor

Apoio Institucional

Instituição Parceira